Assinatura RSS

Arquivo da tag: Michelle Pfeiffer

Sombras da Noite – Agora pra valer!

Booa Tarde queridos!!

A postagem retrasada, “Mais uma produção Depp-Burton-Carter“, fala sobre o novo filme do diretor Tim Burton, estrelado por Johnny Depp e com a participação de Helena B. Carter (mulher do Tim) – Sombras da Noite (ing. Dark Shadows). Prometi no post, que mostra apenas o trailer, a sinopse e a bilheteria do filme (eu ainda não havia assistido), que assim que fosse ao cinema vê-lo iria postar a minha avaliação sobre o filme, que completa a oitava parceria Burton-Depp. Então, aqui vamos nós!

Primeiro ponto: Trilha Sonora! Por pouco eu não levantei e saí dançando pelo sala do cinema. Às vezes fiquei até em dúvida se era realmente um filme de Tim Burton! Mas explico! a trilha sonora a que me refiro são músicas da década de 70, na qual se passa o filme, como “Top of the World” do The Carpenters (impossível parar de ouvir) e “You’re the First, the Last, My Everything” de Barry White. As músicas obscuras, típicas das obras do diretor, estão também presentes no filme. Veja a trilha completa aqui!

O enredo é bom. A mistura do suspense e do terror, no estilo meio fantasmagórico, com um bom toque de humor, garante a diversão no filme, que é predominantemente um passatempo. O amor tem um papel importante no filme, que aparece no estilo amor puro e amor psicopata. Muito sangue também aparece na telona.

A comédia fica por conta, principalmente, dos momentos em que Barnabás Collins (Depp), que retorna ao mundo depois de 200 anos preso num caixão, tenta entender os costumes da época – o início dos anos 70.

E sim, o filme possui pontos fracos. Por exemplo, Helena B. Carter, que apesar de trabalhar sempre e quase-somente nos filmes do marido, é uma ótima atriz, porém neste filme seu papel é quase irrelevante. O elenco é muito bom, contando com também com Michelle Pfeiffer e  Eva Green. Esta última interpreta a bruxa Angelique, que almadiçoa Barnabás (Depp), e está linda e poderosa. Já Michelle, que interpreta Elizabeth Collins, uma parente distante de Barnabás, já teve papéis melhores.

Helena B. Carter no papel da Dra. Julia Hoffman

Eva Green, linda e loira no papel de Angelique

A atriz australiana Bella Heathcote, uma quase-estreante que mais parece com Sophie Charlote, interpreta dois dos papéis principais do filme (que na verdade são a mesma pessoa, ou a mesma alma, quem sabe…), que são Victoria Winters / Josette DuPres, o(s) par(es) romântico(s) de Johnny Depp (p.s – ela beija ele –‘). Não sei se ela é boa atriz ou não, pois ela manteve-se no estilo Bella – Crepúsculo ( a mesma cara o filme inteiro).

O cenário e o figurino são bem ricos, seguindo a linha de filmes do Burton. A maquiagem, como sempre,  é incrível! Me pareceu a personificação do bonequinho de “A Noiva Cadáver”. Os efeitos visuais são razoáveis, nada tão perfeito. Ainda é possível ver algumas cenas bem “calientes”, como um “presentinho” que a doutora Julia Hoffman (Helena B. Carter) dá a Barnabás.

Bella Heatccote – par romântico do ator Johnny Depp

Enfim, quem gosta de ver um filme para se divertir, deixando completamente de lado a realidade, pode assistir Sombras da Noite! Eu gostei e indico! Johnny está incrível, como sempre, e consegue passar cada emoção do seu personagem. O filme ainda apresenta um lado bem romântico! E Barnabás, apesar dos quilos de maquiagen, é apaixonante!

Não se alguém irá concordar, mas fiquei com uma leve impressão de continuação no final do filme…

Barnabás e a vilã, Angelique.

Corra para o cinema mais próximo!

Boa Sessão!!

Adoro Cinema;